Tríduo celebra 70 anos da Campanha da Mãe Peregrina

Compartilhe:

No próximo dia 10 de setembro, a Campanha da Mãe Peregrina de Shoenstatt (ou Movimento da Mãe Rainha, como é conhecido) completará 70 anos de atuação na Igreja do Brasil.  Para bem celebrar este jubileu, famílias, missionárias (os) e coordenadoras (es) rezam Tríduo preparatório, iniciado no último dia 7, mas de forma online, por causa do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus.

Na Diocese de Crato, onde esta devoção é fervorosa e contabiliza mais de três mil imagens peregrinas, os fiéis rezam o Tríduo inspirados em frases do diácono João Luiz Pozzobon, responsável por fazer a Campanha conhecida no país.

Veja programação:

Primeiro dia (07/09/2020): O Servo de Deus João Luiz Pozzobon.

Segundo dia (08/09/2020): Como João Pozzobon, quero entender a missão.

Terceiro Dia (09/09/2020): Como João Pozzobon, quero entregar-me por inteiro.

Dia 10/09/2020: Celebração Eucarística pelos 70 anos da Campanha, celebrada nas paróquias da Diocese e transmitida pelas redes sociais.

Baixe o roteiro para celebrar em família: Tríduo – 70 anos da Campanha da Mãe peregrina

Devoção

A Campanha da Mãe Peregrina é um ramo do Movimento Apostólico de Shoenstatt, fundado pelo Padre José Kentenich, na Alemanha.

Diácono Joao Luiz Pozzobon no início da missão

Em 1950, o diácono brasileiro João Luiz Pozzobon foi convidado pela Irmã Maria Teresinha Gobbo a levar a Imagem da Mãe Rainha às famílias, durante três meses, como forma de celebrar o Dogma da Assunção de Nossa Senhora, proclamado pelo Papa Pio XII naquele ano. Mas ele foi além e mandou fazer pequenas réplicas da Imagem para peregrinar em grupos de trinta famílias. Foram 35 anos nesse apostolado. Reconhecido pela Igreja, tornou-se “Servo de Deus”, podendo ser beatificado em breve.

Na Diocese de Crato, a Campanha da Mãe Peregrina teve reconhecimento em 1° de dezembro de 1989, embora imagens já peregrinassem em algumas paróquias, em anos anteriores. Na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Juazeiro do Norte-CE, uma Imagem foi confiada a Maria de Lourdes Vieira por religiosas de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O empenho dela em organizar a Campanha foi reconhecido pelo então bispo Dom Newton Holanda Gurgel, que a nomeou coordenadora diocesana. Hoje, em média três mil imagens da Mãe Rainha peregrinam nas famílias, especialmente naquelas que residem na zona rural.

Fiéis rezando em suas casas. Tríduo acontece de forma online para evitar aglomerações. 

Para saber mais:

A Coordenação Diocesana da Campanha da Mãe Peregrina conta com a seguinte formação:

– Assessora dos Estados do Ceará, Piauí, Alagoas e Pernambuco: Irmã Maria Cassiana Janisch.

– Diretor Eclesiástico do Movimento Apostólico de Schoenstatt na Diocese de Crato: Padre José Ricardo, pároco de Ponta da Serra, distrito de Crato.

– Casal Coordenador da Campanha na Diocese de Crato: Tadeu e Rosany Ramos.

– Casal Coordenador na Forania I: Cicero e Eliane.

– Coordenadoras na Forania II: Valdizia e Lúcia.

– Casal Coordenador na Forania III: Almeida e Josefânia.

– Casal Coordenador na Forania IV: Cicero e Mazé.

– Coordenadora da Forania V: Socorro Lino.

Assista ao vídeo do Padre José Ricardo:

Postado por: Patrícia Mirelly/ Comunicação Diocese de Crato

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Projeto de Pastoral Virtual

Olá, Saudações! Estarei realizando um projeto pastoral através da plataforma do Google Meet, sobre a missão e os desafios da família neste período da pandemia.