Nas intenções para o mês de julho, Papa Franciso reza para que a Eucaristia seja o centro na vida dos fiéis

Compartilhe:

Intenção

Por uma vida Eucarística

Rezemos para que os católicos ponham no centro da vida a celebração da Eucaristia, que transforma em profundidade as relações humanas e dispõe ao encontro com Deus e com os irmãos.

Reflexão

A intenção de oração deste mês conduz-nos àquilo que é o centro da vida cristã: a Eucaristia. O desejo do Papa é que os cristãos realcem toda a profundidade e significado da Eucaristia, celebrada e vivida em comunidade, para que transforme as nossas relações e nos disponha ao encontro com Deus e uns com os outros.

O sacramento da Eucaristia remete-nos para a Última Ceia e para o gesto do lava-pés, onde Jesus diz aos seus discípulos: «dei-vos o exemplo para que, assim como Eu fiz, vós façais também» (Jo 13, 5). Com o testemunho da sua vida, Jesus convida os seus amigos a viver em atitude de serviço generoso e gratuito. Por isso, o Papa Francisco fala da vida eucarística como uma atitude correta diante dos outros, de dar sem receber, com generosidade.

A lógica da Eucaristia está no facto de recebermos Jesus que nos ama e cura as nossas fragilidades para amarmos os outros e para os ajudarmos nas suas fragilidades. Aqui reside a força do amor da Eucaristia, «força do amor que se faz pequeno para ser acolhido e não temido; força do amor que se parte e se divide para alimentar e dar vida; força do amor que se fragmenta para reunir todos nós em unidade», lembra o Papa. A Eucaristia transforma em profundidade as relações humanas, dispõe-nos a ir ao encontro de Deus e de quem vive ao nosso lado.

Neste sentido, rezamos para que as nossas comunidades católicas vivam cada vez mais unidas a partir da comunhão do sacramento da Eucaristia, fonte de graça e força para uma vida espiritual mais autêntica.

Oração

Jesus, Pão de Vida, cada vez que te recebemos na Eucaristia dás um novo sentido às nossas fragilidades, e recordas-nos quão valiosos somos aos teus olhos. Que a participação frequente neste sacramento nos una cada vez mais a ti e nos leve a viver como tu, imitando-te na tua capacidade para deixar-se partir e entregar-se aos irmãos, e para responder ao mal com o bem. Que este Pão de Vida que Tu és, Jesus, nos dê a audácia de sair de nós mesmos e de nos aproximarmos, amorosamente, da fragilidade do outro. Amém.

Desafios

– Celebração da Eucaristia: Participar na Eucaristia com renovada devoção.

– Escutar a Palavra de Deus: Fazer da Palavra de Deus parte essencial da oração pessoal.

– Partilhar a vida: Fazer da presença junto do outro Pão de Vida.

– Deixar-se transformar: Partilhar as fragilidades com Jesus na oração.

– Abrir-se à missão: Colaborar na missão de compaixão de Jesus.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Pe. Antonio Hilton da Silva, CSJ

Nascimento: Religioso: Congregação de São José – Josefinos de Murialdo Ordenação diaconal: 19/06/2022 Ordenação sacerdotal: 04/02/2023 Estudo: Filosofia, em Brasília–DF — 2015/2016 Magistério, Mendoza (Argentina)