Missa de 7º dia do Monsenhor Eusébio é rezada em Barbalha

Compartilhe:

Sob a presidência do bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, nesta terça-feira, 7 de julho, uma missa foi celebrada na Igreja Matriz de Santo Antônio, em Barbalha, rezando pelo sétimo dia da partida do Monsenhor Eusébio de Oliveira para a Morada Eterna. Alguns padres da Diocese de Crato se fizeram presentes e concelebraram a Eucaristia, que aconteceu sem a presença dos fiéis.

Durante a procissão de entrada, antes de seguir em cortejo para o Altar do Senhor, uma pausa foi feita em frente ao local onde o corpo do monsenhor foi sepultado. Lá, Dom Gilberto acendeu uma vela, seguido de um breve momento de oração.

Na homilia, o bipo recordou o critério de salvação dos homens, apresentado pelo evangelista São Mateus. “São as boas obras, as obras de caridade. Os que são recebidos no Reino são aqueles que tiveram amor e misericórdia para com o próximo. De modo especial, amor misericordioso para com os pobres, os últimos. O critério é claro. Os homens serão julgados pela fé, essa fé que é desdobrada em ação, não é teoria. Mas fé que é concretude da caridade”, disse.

Assim procurou viver Monsenhor Eusébio durante os anos de ministérios a ele confiados, servindo na evangelização e no cuidado com os irmãos. “Monsenhor Eusébio, cuja vida celebramos, o sétimo dia de sua vida pascal, durante a sua vida terrena, deixou-se orientar pelo Espírito de Deus e foi um incansável servidor do Evangelho. Foi incansável no serviço evangelizador e também na formação de uma catequese sólida. Assim, dedicou sua vida para formar as pessoas como filhos e filhas de Deus”, lembrou carinhosamente.

“Somos, enquanto Diocese de Crato, muito gratos ao Monsenhor Eusébio pela forma com que ele viveu a vida que Deus o confiou. Dai-lhe, Senhor o repouso eterno, e brilhe para ele a vossa luz”, completou.

 

Por Mychelle Santos / Assessoria de Comunicação

Fotos: Pascom Paróquia Santo Antônio/ Barbalha (CE)

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts