Mãe da Vida e da Esperança: Padroeira dos Cratenses é levada em peregrinação pelas ruas da cidade

Compartilhe:

Ao cair da tarde desta terça-feira, 1º de setembro, a imagem centenária de Nossa Senhora da Penha foi levada em peregrinação pela cidade do Crato. Pela primeira vez, a imagem do altar mor da Sé Catedral é descida e colocada em procissão. O momento histórico para todos os devotos e devotas da Penha Sublimada coroou os dez dias de festejos a ela dedicados.

Diferente dos anos anteriores, a procissão não teve a multidão de fiéis acompanhando todo o percurso. Os cratenses aguardaram a visita da imagem peregrina. Cada família foi convidada a preparar um altar em frente a suas residências. De grandes altares ou pequenas velas dispostas na janela, o caminho foi ornado para que a Imperatriz Constante pudesse passar.

De braços erguidos e em sua só voz entoavam, com toda força, o hino da Mãe da Penha. A emoção era nítida nos rostos e das expressões. Em cada rua, em cada casa, os olhos fixos em Nossa Senhora suplicavam por novos tempos, por dias melhores, e pelo fim da pandemia que tem afligindo o povo. Maria por sua vez, é aquela que traz a esperança aos corações aflitos, que traz vida e nos aponta para o seu Filho Jesus.

A imagem percorreu diversas ruas e visitou quase todas as paróquias espalhadas pela cidade do Crato. Retornando a Sé Catedral da Penha, do alto da janela, os fiéis receberam a bênção solene do Santíssimo Sacramento, pelas mãos do bispo diocesano.

Por Mychelle Santos / Assessoria de Comunicação

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts