Jubileu de Ouro: Igreja dedicada a Nossa Senhora dos Pobres celebra 50 anos de criação

Compartilhe:

Com o encerramento das atividades do antigo Seminário da Sagrada Família, em Crato, a imagem de Nossa Senhora dos Pobres foi transferida para um galpão que pertencia aos Missionários da Sagrada Família. Lá eles tiveram a ideia de construir um tempo dedicado à Virgem. O trabalho de construção teve inicio no ano de 1971. Em 2 de fevereiro do ano seguinte, os fiéis se reuniram para inaugurar o novo templo católico erguido, com a primeira missa celebrada no altar, seguida de uma grandiosa procissão pelas ruas do bairro. Erguida a Virgem dos pobres, a construção foi realidade para que a igrejafosse  sede da paróquia Sagrada Família, onde por mais da metade do tempo de existência, sediou a igreja Matriz.

Cinquenta anos depois, a comunidade se reuniu, mais uma vez, para render louvores à Maria, a Virgem dos Pobres. A celebração do Jubileu de Ouro de criação se deu junto dos festejos à Nossa Senhora dos Pobres, iniciados no último dia 12 de maio. O novenário foi embalado pelo tema: “Virgem do Pobres, fortalece em nós uma igreja de comunhão, participação e missão”, baseado no convite do Santo Padre, o Papa Francisco, para um igreja sinodal. No fim da tarde deste domingo, dia 22, o bispo diocesano, Dom Magnus Henrique, junto ao pároco da Paróquia Sagrada Família (da qual pertence a comunidade), Padre Ranilson Belém, celebraram o encerramento das festividades.

Logo na entrada da igreja, uma placa foi descerrada, como marco dos cinquenta anos, a fim de recordar o empenho daqueles que doaram o seu trabalho, ao longo dos anos, e aos frutos colhidos na caminhada. Outro momento marcante foi a singela coração da imagem da Virgem dos Pobres, realizado pelas crianças da comunidade, antes do inicio da celebração eucarística.

Procissão e Benção

 A imagem, ordenada de graça e beleza, foi levada em carro-andor.  Durante a procissão, os fiéis – entre idosos e crianças, percorreram  as ruas do bairro, louvando e cantando à Maria. Nas casas, altares foram preparados e as velas que eram dispostas nas janelas iluminava o caminho por onde a imagem passava. Retornando à Igreja, a procissão e os festejos foram encerrados na presença do Santíssimo Sacramento, exposto para bênção solene.

Para acessar a Galeria de Fotos, clique aqui.

Por Jornalista Mychelle Santos / Assessoria de Comunicação

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts