Grito dos Excluídos (as) será realizado neste dia 7 de setembro, em Crato

Compartilhe:

Já tradicional no dia da Pátria, o Grito dos Excluídos (as) chega à 27ª edição ainda desafiado pela pandemia de Covid-19. Em Crato, o Grito é organizado pelas Pastorais Sociais e a Caritas Diocesana e ocorre na Praça Juarez Távora (Igreja de São Vicente, Santuário Eucarístico) às 8h desta terça-feira, dia 7 de setembro. A mobilização respeitará às medidas sanitárias, tais como o uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social. Da Praça, os manifestantes saem em caminhada até o bairro Alto da Penha.

Desde 1995, o tema permanente do Grito dos Excluídos é “Vida em primeiro lugar”. Este ano, o lema é “Na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho renda já!”.

“Nas ruas, praças e redes sociais, nós lutamos por saúde, moradia e trabalho. O que nos motiva a gritar em 2021? As quase 580 mil mortes pela Covid-19, muitas das quais poderiam ter sido evitadas; a corrupção na negociação de compra na vacina, o desemprego”, pontua o diretor-presidente da Cáritas de Crato, Padre José Ricardo Barros. Para ele, tudo isso mostra a necessidade de um Grito, de fazer ecoar a necessidade do cuidado com a vida na sua totalidade.

Ouça:

 

Mesa redonda

Nesta segunda, das 16h às 18h, vésperas do Grito dos Excluídos, os Pilares da Caridade e da Missão promovem mesa redonda na FM Padre Cícero, que poderá ser acompanhada por meio do endereço: https://fmpadrecicero.com.br/site/. 

Entre os convidados, estão o coordenador diocesano de Pastoral, Padre Vileci Vidal, a assessora das comunidades eclesiais de base, Geysa Sampaio, a coordenadora das pastorais sociais na CNBB Regional NE 1 (Ceará), Reginha Mateus, e Frei Zeca, coordenador nacional do Grito dos Excluídos

Por: Assessoria de Comunicação

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts