Estátua de Nossa Senhora de Fátima, em Crato, volta a receber fiéis

Compartilhe:

A recitação do Terço Luminoso, seguida de Missa votiva marcou o retorno das celebrações na Estátua de Nossa Senhora de Fátima, em Crato, nesta terça-feira, dia 13 de outubro, suspensas por causa da pandemia. A programação foi organizada pela Paróquia São Francisco de Assis, em cujo território está a Imagem. Nesta data, a Igreja em todo o mundo faz memória do “milagre do Sol”, visto pelos três pastorinhos para quem a “Senhora mais brilhante” que o próprio astro celeste apareceu pela última vez no ano de 1917, na freguesia de Fátima, em Portugal. A visão do sol girando, aproximando-se da terra e se afastando dela, e o céu mudando de cor foram visto por milhares de peregrinos à época.

Na réplica da capela das aparições, à sombra da Estátua, em Crato, essa memória foi colocada no altar do Senhor junto às preces dos devotos e em ação de graças pela retomada das celebrações. A Santa Missa foi presidida pelo bispo Dom Gilberto Pastana, concelebrada pelo pároco da Paróquia de São Francisco, Padre Arileudo Machado.

Nossa Senhora de Fátima, invocada sob esse título, desperta ainda hoje grande devoção no povo fiel. A Igreja considera que a mensagem revelada aos três pequenos pastores contém significado profundo para a superação das dificuldades do tempo presente, marcado por guerras e tribulações, as quais, segundo a Santíssima Virgem, podem ser vencidas pela força da oração do Santo Rosário, de sacrifícios e da reparação dos pecados.

Meditando o Evangelho das Bodas de Caná (Cf. João 2, 1-11), Dom Gilberto acrescentou que Nossa Senhora está sempre solícita às necessidades de seus filhos, muito mais agora quando a pandemia de Covid-19 semeia tanta intranquilidade.

“Hoje, Nossa Senhora vê essa grande necessidade da nossa saúde, de se descobrir logo uma vacina para impedir a evolução desse coronavírus. Talvez Nossa Senhora também possa dizer: ‘eles não tem mais sossego, a vida está fragilizada’. Assim como em Caná, Ela também apresenta ao Filho aquilo que o Filho pode modificar, transformar. Ontem, foi o vinho. Hoje, é aquilo que nos falta, que nos traz incertezas, inseguranças. Ela também apresenta tudo isso ao Seu Filho Jesus”, disse o bispo.

Retorno das atividades

Durante a celebração da Eucaristia, Dom Gilberto rezou especialmente pela Comunidade Missão Resgate por todo cuidado dispensado às atividades pastorais e de evangelização promovidas em torno da Estátua de Nossa Senhora de Fátima, que agora voltam a ser assumidas pela Paróquia de São Francisco.

“É com alegria que nós estamos retornando às atividades e o trabalho de evangelização junto às comunidades e também motivar as pessoas na luta por justiça social e igualdade, tendo em vista que essas comunidades aqui padecem muitas necessidades. Mas, enquanto paróquia, nós estamos juntos, para que esse trabalho possa acontecer na medida do possível”, disse o pároco, Padre Arileudo Machado.

<< A Paróquia designou uma equipe especialmente para  manter as normas de biossegurança no espaço celebrativo>>

Com a reabertura aos fiéis, as celebrações acontecem todos os sábados, às 18h, com recitação do Terço Mariano, seguido de Santa Missa, sempre observando os critérios de distanciamento social, uso obrigatório de máscara de proteção e higienização das mãos com álcool em gel.

Veja a galeria de fotos, aqui: https://diocesedecrato.org/missa-na-estatua-de-nossa-senhora-de-fatima-crato-2020/

Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts