Em Crato, Paróquia Sagrado Coração de Jesus celebra 23 anos de missão e evangelização

Compartilhe:

Instaurada em 28 de fevereiro de 1999, no episcopado de Dom Newton Holanda Gurgel, quarto bispo de Crato, a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Crato, completa 23 anos de criação, com um território paroquial que contempla os bairros Seminário, Novo Crato e “Sertãozinho”.

Em ação de graças por esta data jubilar e pelos frutos de evangelização colhidos neste tempo, toda a comunidade paroquial, reunida, participou de santa missa, no último domingo (27), sob a presidência do bispo diocesano, Dom Magnus Henrique. A celebração aconteceu de forma campal, ao lado da Igreja matriz.

Para o Padre George de Brito, pároco da comunidade, vivenciar este dia é uma imensa alegria. Este é o terceiro ano que o sacerdote participa das comemorações, desde que assumiu o rebanho dessa porção do povo de Deus. “Fico lisonjeado e feliz. Graças aos bons pastores que nos antecederam em nossa paróquia, hoje nós temos uma comunidade católica engajada, uma paróquia rica em movimentos, serviços. E isso anima o nosso coração, nos deixa feliz e nos faz ver a disponibilidade do povo de Deus”, disse.

Quem também partilhou o sentimento foi o diácono permanente José Alexandre. Filho da comunidade, ele esteve presente na noite de criação da paróquia e recorda aquele dia feliz. “Foi uma celebração muito bonita. Nossa antiga capela de Nossa Senhora Aparecida, 17 anos depois de criada, foi escolhida por Dom Newton para subir ao grau de paróquia, sendo dedicada ao Sagrado Coração de Jesus. E hoje, estou aqui celebrando esse aniversário, para mim  é uma alegria celebrar esse momento de recordação e de gratidão”, contou

Um coração para amar

Trazendo a figura do patrono da paróquia, em sua homilia, Dom Magnus, em falou da importância na busca por um coração cada vez melhor, assim o coração sagrado de Jesus. “Quem está aqui nessa paróquia, acima de tudo pela mística do seu padroeiro, tem a missão de apresentar para o mundo um coração de verdade, um coração que ama, perdoa, acolhe. Um coração que ilumina e que se doa verdadeiramente”, disse o bispo diocesano.

Galeria de Fotos

Por Jornalista Mychelle Santos / Assessoria de Comunicação 

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts