Conclusão da Jornada Missionária 2022: “Seminaristas Missionários na terra da mãe de Deus!”

Compartilhe:

Desde o último dia 11 de julho, os Seminaristas da Diocese de Crato vivenciaram dias de missão nas terras consagradas à Nossa Senhora das Dores, em Jamacaru, distrito de Missão Velha (CE). Ao longo de quinze dias, os 47 aspirantes ao sacerdócio dividiram suas experiências de fé e de fraternidade com os moradores de mais de vinte comunidades (contanto com a sede). O repique dos sinos e o hino criado especialmente para a Jornada Missionária 2022 virou rotina ao longo de duas semanas. “Se Alegra povo meu, Seminaristas Missionários na terra da mãe de Deus!”, cantaram com alegria. Assim também se fez na noite deste domingo, 24 de julho, quando, ao redor da Mesa do Altar e da Eucaristia, concluíram mais uma “Missão de Férias”.

A celebração foi presidida pelo bispo de Crato, Dom Magnus Henrique, e concelebrada pelo pároco do lugar, o Pe. Tales Eduardo, o reitor e o diretor espiritual do seminário São José, Pe. Acúrcio Barros e Pe. Gilberto Júnior, bem como dos sacerdotes filhos da terra, Pe. Cicero Luciano e Pe. Idemário Muniz. Na assembleia, caravanas das comunidades visitadas, juntamente com os seminaristas em missão lotaram o interior da Igreja Matriz para a Santa Missa.

O seminarista Wilder Jhonatas é natural de Jamacaru e está no 1º ano do discipulado (filosofia), e viveu a sua primeira jornada missionária em sua terra. Para ele foi um tempo de rica experiência. “É uma alegria muito grande estar na minha paróquia neste momento em que a gente celebra este tempo de missão. Para mim é motivo de orgulho e de grande alegria voltar a minha terra, e enquanto seminarista, enquanto missionário, conhecer um pouco mais sobre a vivência e as realidades das comunidades. Estes quinze dias tem sido muito gratificantes para nós seminaristas”.

Como marco da realização da Jornada Missionária, uma placa foi inaugura junto a cruz, localizada no patamar da Matriz.

A Missão de Férias dos seminaristas acontece anualmente. Infelizmente devido a pandemia, não foi realizada nos dois anos anteriores. A última ocorreu em 2019, na paróquias São Sebastião, em Nova Olinda, e Nossa Senhora da Conceição, em Farias Brito. Concluído esse período, eles fazem um relatório, a partir das observações feitas durante as visitas, e o encaminha ao pároco. A intenção é ajuda-lo na edificação da paróquia, naquilo que ainda precisa ser fortificado, em termos de evangelização e pastoral.

Por Jornalista Mychelle Santos/Assessoria de Comunicação

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts