1º Domingo do Advento: Nele, com Ele e por Ele nos veio a libertação

Compartilhe:

REFLEXÃO PARA O 1º DOMINGO DO ADVENTO – ANO C

O ADVENTO DA LIBERTAÇÃO EM JESUS CRISTO

“Levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima.”

Com a celebração deste domingo, por meio do tempo do Advento, a Igreja inicia um novo ano litúrgico. Nossas celebrações preparam a  comemoração do nascimento do Salvador no passado ao mesmo tempo  em que nos ajudam a manter vigilante expectativa da sua segunda vinda gloriosa no fim dos tempos. Com base na reflexão sobre a vinda do Senhor, compreendemos que se trata de um oportuno e necessário tempo de reflexão e oração que nos auxilia no discernimento dos caminhos da nossa vida que necessitam da luz de Jesus para serem bem conduzidos.

Na Primeira Leitura (Jr 33,14-16) o profeta Jeremia proclama a fidelidade do Deus da aliança ao anunciar o cumprimento de suas promessas enviando ao seu Povo um descendente da família de Davi. A sua missão será trazer ao mundo as tão esperadas justiça e paz. Por meio da sua missão messiânica o povo voltará a ter dias de fecundidade e vida em abundância.

Na Segunda Leitura (1Ts 3,12-4,2) São Paulo escreve aos Tessalonicenses e aos cristãos de todas as épocas uma exortação que visa fortalecer o ânimo evitando assim cair na mediocridade e no comodismo. Os cristãos, povo eleito e marcado pela indelével graça da Ressurreição, devem se manter na atitude de esperança enquanto se preparam e esperam pela segunda vinda do Senhor. Neste espírito, o apóstolo lembra que a comunidade cristã está em permanente peregrinação em direção à santidade/perfeição desejada por Deus e para que isso seja alcançado é de fundamental importância a vivência do amor na prática da caridade.

No Evangelho (Lc 21,25-28.34-36) São Lucas nos apresenta Jesus como o Messias, o descendente/filho de Davi anunciado pelos profetas. Com Jesus acontece o alvorecer de um novo tempo que vem para substituir o mundo antigo. Neste novo tempo haverá liberdade e vida em abundância.

No seu discurso catequético para os discípulos, Jesus descreve os sinais que antecedem a vinda do Messias em sua glória: acontecerá perturbação no sol, na lua e nas estrelas que irão escurecer e farão as pessoas serem tomadas de angústia. Esses sinais cósmicos, que a princípio parecerão catástrofes na terra, trarão a libertação porque precedem à aparição gloriosa do Filho do Homem, lembrarão à Glória da Ressurreição e transformação que Ela realizará no coração dos seres humanos.

A salvação/libertação não deve ser esperada com desânimo e em atitude de comodismo. Faz-se necessário manter-se em constante estado de oração e vigilância para reconhecer e aceitar essa salvação ofertada por Deus como dom. Jesus Cristo, o Messias, veio uma primeira vez quando se encarnou no ventre da Virgem Maria e virá uma segunda vez na conclusão do Projeto de Amor de Deus pai. Cabe aos cristãos reconhecê-lO não somente nos sinais da história, mas também no rosto dos irmãos e irmãos, especialmente daqueles que sofrem e que clamam pela libertação da opressão, do pecado e da corrupção que ferem a dignidade humana quando impedem que todos tenham vida digna.

Ao longo deste Advento somos convidados a refletir sobre a nossa realidade e a rezar pelas muitas situações de angústia e de sofrimento do nosso tempo. Como os discípulos, nestes últimos anos, presenciamos sinais catastróficos na natureza, sofrimento em meio à pandemia que ceifou milhões de vidas e que agravou ainda mais a desigualdade social fazendo milhões de pessoas caírem na desolação. O Natal nos convida a abrir o coração à prática da caridade e a viver as Obras de Misericórdia corporais e espirituais. Mesmo que diariamente vejamos os sinais da guerra, da fome, da doença, o Evangelho nos convida e nos exorta a perseverar na esperança. Lembremos: a libertação está próxima. É preciso manter-se firme no caminho com Cristo e construir, com Ele, a justiça e a paz.

Pe. Paulo Sérgio Silva

Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Farias Brito

Foto de capa: reprodução da Internet

 

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts