Padre Wesley Barros é empossado novo cura da Sé Catedral

Compartilhe:

No final da tarde desta quarta-feira (03), o novo cura da Sé Catedral Nossa Senhora da Penha, Padre Wesley Barros, foi empossado, em missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Magnus Henrique. Na mesma celebração foi apresentado o vigário paroquial, que irá auxiliar no cuidado na Igreja-mãe da Diocese, Padre Fernandes José. A partir deste dia, serão responsáveis pela condução desta parcela do povo de Deus.

Desde 2022, Padre Wesley Barros era auxiliar do então cura da Catedral, Monsenhor José Vicente, nomeado em março pelo Papa Francisco bispo de Salgueiro (PE). Padre Wesley sucede ao Monsenhor José Vicente na missão de ser o Cura da Catedral ou “guardião” da cátedra, pelos próximos seis anos. Padre Fernandes José, até o momento, exercia a função de vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Crato, além de ser ecônomo da Diocese de Crato.

Rito de Posse

Na assembleia, muitos fiéis, religiosos (as), amigos e familiares dos sacerdotes se fizeram presente na celebração eucarística com rito de posse. Como sinal de comunhão sacerdotal, uma grande parcela do clero diocesano – e de outras dioceses – concelebrou a santa liturgia.

Ainda do lado de fora, o sacerdote recebeu, das mãos do bispo, as chaves da Igreja. Após manifestar publicamente sua disposição de cooperar com o bispo, trabalhando em comunhão com ele e cuidando com zelo da paróquia que lhe está sendo entregue, o sacerdote recebeu diversos instrumentos para bem desempenhar sua nova missão: a pia batismal, o confessionário e as chaves sacrário. No início da Santa Missa o Pároco fez sua Profissão de Fé e o juramento de fidelidade.

“O que dizer ao Padre Wesley e ao Pe. Fernandes que hoje iniciam esta nova missão? Eis o caminho e o caminho é Jesus Cristo. É este caminho que vocês precisam apontar para a comunidade todos os dias, na mesa da palavra e na mesa da Eucaristia, na vida sacramental. Apontando este caminho, nós conheceremos o rosto de Deus”, ressaltou Dom Magnus em sua homilia.

Em seu discurso de posse, Pe. Wesley agradeceu a todos os presentes, e assegurou aos devotos da Penha que prosseguirá seu trabalho, zelando e cuidando bem de todo o povo.  O novo cura também recordou as palavras ditas por ele, no dia de sua ordenação sacerdotal, realizada nesta mesma Igreja. “Repito a vocês o que disse, há 12 anos, fazendo minhas as palavras do apóstolo Paulo, naquela ocasião. ‘De muita boa vontade desejo consumir, e me consumir, por vossas almas, ainda que vos amando mais, seja amado menos por vós. Conto com a dedicação e ao serviço de vocês a Deus, nesta comunidade paroquial, abrigada pelo manto de Nossa Senhora da Penha, Imperatriz Constante, das preces de São Fidélis e da Beata Benigna Cardoso, cujas relíquias são patrimônios desta Igreja Catedral’.”, disse.

Saiba mais

O título de “catedral” é dado às igrejas que são o “centro” de cada diocese – Igreja-mãe –onde o bispo normalmente preside importantes liturgias. A catedral é caracterizada pela presença da cadeira do bispo, tradicionalmente chamada de cathedra (palavra em latim para “cadeira”). É considerada a Igreja episcopal, cujo dirigente maior é o bispo. O cura, desse modo, é aquele designado a zelar e guarda a Catedral, onde estão sepultados os bispos.

Galeria de fotos, aqui.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Ordenação Episcopal

“Em virtude da Tua Graça!”  Jubilosa de alegria no Senhor, a Diocese de Crato (CE), localizada no sul do Ceará, tem a honra de convidar

SOLENIDADE DE PENTECOSTES – ANO A

VEIO ATE NÓS O ESPÍRITO SANTO PROMETIDO “Soprou sobre ele e disse: Recebei o Espírito Santo.” (Jo. 20, 22) Ao longo destas últimas semanas fomos