Foto: Patrícia Silva

Ungidos para anunciar a Boa-Nova

No dia que descortina o Ano do Laicato, pessoas não consagradas, mas que tem participação fundamental na vida e no serviço da Igreja, a comunidade paroquial de Santo Antônio, em Barbalha, viu alcançar a maturidade da fé, por meio do Sacramento da Crisma, 366 jovens da sede e das comunidades rurais, divididos em duas turmas, assim distribuídas: 163 na sexta-feira, dia 24; 203 neste sábado, dia 25.

Agora, estes jovens, enriquecidos pela força e a graça do Espírito Santo de Deus, são convidados ao crescimento espiritual, pondo seus talentos ao serviço da paróquia e da comunidade, sendo testemunhas de um novo tempo e sinais de esperança cristã para a sociedade.

“É o que a gente deseja”, disse o coordenador da Catequese, Janiel Lázaro dos Santos. A preparação começou em fevereiro, com o curso bíblico durante um mês, sempre aos sábados, das 14 às 16h. A ideia foi tentar levar ao jovem o conhecimento, pelo menos o conhecimento prático das sagradas escrituras, segundo o catequista. “A gente apresentava a bíblia, quem escreveu, qual a finalidade, porque ela foi escrita e pra quê ela foi escrita”. Temas voltados para a doutrina da Igreja, os sacramentos, os mandamentos, a missa, parte por parte, também esteve presente à formação. “Nós plantamos, nós preparamos o terreno, agora a colheita é com eles”, disse o catequista.

<< Jovens são convidados a colocar seus dons a serviço da Igreja. Fotos: Patrícia Silva >>

Ainda de acordo com ele, um dos momentos mais fortes, depois do curso bíblico, foi o Querigma [o primeiro anúncio da Boa-Nova do acontecimento Jesus de Nazaré realizado na força do Espírito Santo, baseado no testemunho pessoal]. “Os próprios crismandos relataram, agora, no final, varias conversões. E nós tratamos alguns temas como o amor de Deus, o pecado, a conversão, o espírito santo e também um momento de louvor. Isso acontecia no salão paroquial durante uma tarde toda, no sábado, e no domingo, seguida da celebração da Santa missa, às 9h, depois a gente voltava ao salão paroquial, onde nós ficamos até meio dia”, contou Lázaro.

Outra proposta foi apresentar as pastorais e movimentos presente nas paróquias. “A gente faz com que o jovem tenha conhecimento e, na medida do possível, que ele se identifique com a pastoral e, a partir de agora, faça sua caminhada dentro da igreja”, finalizou.

<< Foto 1: Santa Missa; Foto 2: Crismandos à espera da Unção com o Santo Óleo. Créditos: Patrícia Mirelly >>

Para a jovem Cícera Jaciele da Silva, o aumento da fé, o entendimento maior da Bíblia e a preparação para a  Crisma ajudou a fortalecer, cada vez mais, a sua fé. “É algo especial, eu levo daqui a experiência. A timidez que eu tive, na minha sala, e que eu achei que não ia conversar com ninguém. E não. Uma sala normal, todo mundo participativo em tudo, o catequista também, os crismandos. Eu pretendo ser catequista”, disse ela.

Presidindo a Santa Eucaristia, concelebrada pelo pároco local, Padre Cícero Alencar Ferreira, Dom Gilberto Pastana, durante a qual ministrou o Sacramento da Crisma, com o Óleo Santo, exortou: “Deus está desejoso de dar a vocês o Seu Espírito. Estejam, então, atentos ao que Ele quer dizer, inspirar. Olhem para as imagens dos Santos, observem suas posturas. Eles nos ensinam a rezar”.

 

Por Patrícia Mirelly, Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!