Sob os festejos do Advento, romeiros participam da tradicional “Missa do Dia 20”

“Ao fulgor da manhã radiosa, arde em fogo o fiel coração, quando a voz, portadora de glória, faz no mundo soar seu pregão”. O trecho pertence ao Hino da Oração das Laudes, escolhida pela Igreja, para ser rezada nesta quinta-feira, dia 20 de dezembro, mas se adequa bem a emoção que toma conta do povo romeiro a cada Missa em sufrágio da alma do Padre Cícero Romão.

Mesmo a poucos dias do Natal, o que poderia levá-los a ficar em casa, para receber os familiares, principalmente aqueles que moram distantes, os fiéis devotos lotaram o largo da Capela do Socorro, em Juazeiro do Norte, como nos demais dias do ano. E lá participaram da Missa presidida pelo bispo diocesano de Crato, Dom Gilberto Pastana, concelebrada por padres romeiros, entre eles o reitor da Basílica Nossa Senhora das Dores, Padre Cícero José. E ouviram, na homilia, sobre as alegrias do Tempo do Advento.

“A cada ano nós atualizamos esse mistério de Deus em nossa vida”, disse o bispo, explicando a função desse tempo litúrgico, que prepara o coração para o Natal do Senhor. “O sinal de Deus, em nossa vida, é o Seu próprio Filho, Jesus. Por isso é tão importante acolhermos esse sinal, ir ao seu encontro, hospedá-lo em nossa vida, em nossa comunidade e em nossa sociedade”, refletiu.

Também lembrou a figura de Nossa Senhora, de grande devoção para o romeiro. Maria – disse Dom Gilberto – concretizou o sinal de Deus. Como ela, os católicos são convidados a abrir o coração ao diálogo com o Senhor, para compreender a Sua vontade. E, compreendendo essa vontade, desempenhar a função que Ele confia a cada um.

Ainda segundo a reflexão do bispo, a mesma reposta dada por Maria, no Evangelho do dia (Lc 1,26-38), “Eis-me aqui e faça-se em mim”, deve ressoar nos corações, para que a vontade humana dê lugar à vontade divina. “Nesse diálogo, nesse encontro, é que vamos entender nossa missão em nossa comunidade e também em nossa sociedade”, concluiu.

A programação dos romeiros em Juazeiro do Norte, neste dia 20, ainda inclui visita ao túmulo do Padre Cícero, na Capela do Socorro, à Basílica Santuário e às demais igrejas circunvizinhas.

Redação: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação da Diocese de Crato
Fotos: Rozelia Costa/Assessoria de Comunicação da Basílica Nossa Senhora das Dores

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!