Responsável Regional da Fazenda da Esperança realiza visita a Diocese de Crato

Dia 17 de junho, às 8h e 30, a Diocese de Crato recebeu a visita do responsável da Fazenda da Esperança no Regional Nordeste I, o Pe. Justene Oliveira, que veio com o seu auxiliar, Francisco José Leandro Santos. Eles foram recebidos por Dom Fernando Panico na cúria diocesana, em Crato- CE, onde conversaram sobre as instalações da unidade da Fazenda da Esperança Pe. Cícero, na cidade de Mauriti, que está prevista para ser inaugurada dentro do ano centenário que a diocese está vivenciando.

Com presença em mais de 10 países, a Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica que trabalha a cerca de 30 anos com a recuperação de jovens dependentes químicos, através do evangelho de Cristo. O membro interno passa um ano de tratamento realizando diversos trabalhos em prol de sua reabilitação do mundo das drogas.

No Brasil são 65 fazendas da esperança instaladas e o Ceará conta três delas. A unidade Pe. Cícero, será portanto a quarta unidade no estado e contará com duas casas masculinas, que acolherá 28 pessoas.

O Pe. Justene explica que para uma diocese receber a unidade da Fazenda da Esperança é necessário haver a bênção do bispo, a aceitação da comunidade local, padres que se disponibilizem a atenderem confissões e outros sacramentos, a doação de um terreno e analise se existe vocação para recuperação. Segundo ele a Diocese de Crato contemplou todos esses requisitos.

Sobre a cidade escolhida ele justificou que a presença do canal na cidade de Mauriti possibilita a manutenção dos internos. “O terreno é propicio para a plantação, isso facilita a produção, assim os meninos vão se sentir úteis. Não adianta ficar só em um lugar, tem que valorizar o trabalho que eles estão fazendo”, afirma ele.

A tesoureira da diretoria local da Fazenda da Esperança Pe. Cícero, Marizalva Tavares, explicou que ha três anos a diocese vem trabalhando para esta realização e que estão fechando um convênio com o governo estadual do Ceará e o governo municipal de Mauriti, para que se possa iniciar a obra de construção das casas. Segundo ela o terreno onde será instalada unidade possui 37 hectares e foi doado por Dom Fernando.

Francisco José, que hoje está com o Pe. Justênio na coordenação do Regional, é um dos grandes testemunhos para os jovens dependentes. Ele foi dependente de álcool e cocaína por seis anos. Conheceu a Fazenda da Esperança em 1991 e a partir daí, com o tratamento propiciado por ela, junto com sua grande força de vontade, conseguiu sair do vício. Hoje está à frente da unidade de Garanhuns, sendo um testemunho vivo de que é possível mudar e, com Jesus, seguir por uma nova vida. Ele falou a nossa reportagem, “eu achava que a vivencia do evangelho era utopia. Ao longo de minha vivencia na fazenda descobri que não é, pois Cristo transfigura a gente. Comecei ficando um ano, e depois em agradecimento a Deus resolvi doar um ano de minha vida para que outras pessoas conseguissem sair também deste mundo terrível que é o mundo das drogas. Depois de mais um ano fui ficando, ficando e assim estou neste trabalho de evangelização há 17 anos, como uma pessoa renovada pelo amor de Deus”.

O lançamento da pedra fundamental da Fazenda da Esperança Pe. Cícero aconteceu em 3 de dezembro de 2013.

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!