Paróquias são convidadas a participarem da Jornada de Jejum e Oração convocada pelo Papa

Em novembro do ano passado, o Papa Francisco presidiu uma vigília de oração na Basílica de São Pedro, no Vaticano, pela paz na República Democrática do Congo e no Sudão do Sul, países que registram altas tensões de natureza política e social. Durante a celebração, ele pediu que fosse realizada um dia de oração e jejum pela paz, no dia 23 de fevereiro, primeira sexta-feira da Quaresma, nas dioceses do mundo inteiro.

A Nunciatura Apostólica enviou carta ao Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cardeal Sérgio da Rocha, para reforçar o apelo aos bispos, de “tomar as iniciativas que considerarem mais oportunas, para favorecer a participação das suas respectivas Igrejas particulares”. A intenção deve levar em “a conversão dos corações, sobretudo, daqueles que detêm os destinos destes Países e daqueles que, de qualquer modo, estão envolvidos com eles”.

Da parte da Diocese de Crato, o bispo Dom Gilberto Pastana convida as paróquias para também realizarem esse momento de oração. O melhor horário para fazê-lo, fica à escolha de cada uma.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!