Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Juazeiro do Norte, celebra vinte anos de existência

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida, localizada no Bairro João Cabral, em Juazeiro do Norte, celebrou vinte anos de construção da Igreja Viva, com uma celebração rica de encontros e memórias.

O ponto alto foi a Santa Missa, rezada na noite desta quinta-feira, dia 27, e as homenagens ao bispo Dom Gilberto que, na ocasião, também festejou trinta e dois anos de ordenação sacerdotal.

Às comemorações estiveram presentes paroquianos dos oito setores, comunidades circunvizinhas, autoridades públicas e padres que já passaram pela paróquia.

Uma das lideranças da comunidade, Dona Maria Alves de Jesus, de 88 anos, que viu a paróquia ser erguida, ajudando em campanhas para construção e também na catequese, era só gratidão e felicidade: “A gente andava de casa em casa pregando o Evangelho, pegando o nome de gente pra casar, menino pra batizar. Eram muitos dias de missão, cantava de três missas no dia”.

É essa travessia dos vinte anos, considerou o pároco, padre Francisco Edvaldo Marques, que levou à paróquia a ser sinal do amor e da presença de Deus, para as famílias e também renovação espiritual para o povo. “Este é um grande dia, de alegria, de expectativa e esperados por tantos. A gente está celebrando a vida, que está aqui pulsando em toda parte”.

Celebrar a vida, a comunhão e a fraternidade, aliás, foram as palavras fortes presente na homilia do bispo, Dom Gilberto, que trouxe à luz dois sentimentos: gratidão e reflexão. De acordo com ele, é sempre importante “crescer na vida fraterna, na vida solidária, no compromisso com os mais pobres, na defesa da vida, buscando a paz, lutando contra tudo aquilo que divide e separa o povo de Deus”.

Homenagens

A noite também foi de muitas homenagens, sobretudo, ao bispo diocesano, que renovou , junto aos paroquianos de Aparecida, as melhores disposições de sua vida. Autoridades públicas, como a secretária de Educação do município de Juazeiro do Norte, Maria Loureto Lima, fez menções ao estilo pastoral de Dom Gilberto, comparando-o com a simplicidade do romeiro. “Por isso essa identificação nossa com o senhor”, disse ela. Outras homenagens também foram oferecidas pelo padre Marques, em nome da comunidade, e também dos demais padres ali presentes. Após a Santa Missa, houve o corte de bolo, que foi distribuído, em seguida, ao povo.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida foi desmembrada da Paróquia São Francisco das Chagas e Sagrado Coração de Jesus. O primeiro vigário foi o padre Vileci Vidal, hoje pároco de Araripe e coordenador diocesano de pastoral.

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!