Padre Francisco das Chagas é apresentado à Paróquia São João Bosco, em Juazeiro do Norte

A Paróquia São João Bosco, localizada no Bairro Triângulo, em Juazeiro do Norte, acolheu, na manhã deste domingo (27), seu novo pároco pelos próximos seis anos: Padre Francisco das Chagas Alves, que exercia o ministério pastoral na Paróquia São Cristóvão, também em Juazeiro. Ele sucede ao Padre Vaudênio Nergino, transferido para a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na mesma cidade. Padre Chagas tem 37 anos, sendo oito deles dedicados ao sacerdócio.

A cerimônia lotou a Igreja Matriz. Era perto das sete da manhã quando membros das pastorais e movimentos começaram a se organizar com faixas e cartazes de acolhida. Representantes da Paróquia São Cristóvão, em número expressivo, também compareceram. O clima era só de gratidão. A Santa Missa foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, concelebrada pelo vigário forâneo, Padre Cícero Leandro Cavalcante, e demais sacerdotes: Padre Leonardo Pinheiro de Brito, sucessor do Padre Chagas, e Padre Pedro Freitas.

A “Posse Canônica” de um novo pároco é cheia de simbologia. No início da Missa, o bispo (ou padre designado por ele) entrega as chaves da Igreja Matriz, do Sacrário, do Livro dos Evangelhos e de diversos instrumentos para bem desempenhar a missão de pregar a Palavra, celebrar os sacramentos e conduzir o povo de Deus à conversão e à santidade.

 Perfil

Natural do município de Barro, na região forânea três, Padre Chagas, como é conhecido, tem 37 anos, sendo oito deles dedicados ao sacerdócio. Formou-se em Filosofia e Teologia no Seminário São José, em Crato, sendo ordenado por Dom Fernando Panico em 4 de agosto de 2010. Também possui formação em Direito, cursando mestrado na mesma área. É o atual diretor espiritual do Encontro de Casais com Cristo (ECC) na Diocese de Crato e no Regional NE 1 (dioceses do Ceará). À frente da Paróquia São Cristóvão por mais de cinco anos, promoveu diversas reformas, entre elas a reconstrução da Capela do Santíssimo, da sacristia, da secretaria paroquial, da sala de catequese, além da reformulação do altar, da parte externa da Igreja Matriz e a implantação da Pastoral da Acolhida e Pastoral Familiar.

Em seu primeiro discurso à comunidade paroquial de São João Bosco, Padre Chagas agradeceu a todos pela acolhida e destacou o serviço como característica de sua missão. “Quero ser padre com vocês e para vocês, caminhar juntos, criando esse espírito familiar de trabalho e parceria. Quero ser um servidor da comunidade, partindo das orientações da Diocese e da Igreja no Brasil. Quero trabalhar muito com vocês, cada um com a sua possibilidade e o seu tempo. Quero ser um cura de almas, para oferecer ao povo de Deus os sacramentos. Gratidão a todos pela acolhida, pelas orações e pela abertura de corações, na missão pastoral que temos agora”.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!