“O maior testemunho que a Senhora Sant’Ana traz para nós é a sua vivencia na comunidade”

Com a motivação “Na paróquia centenária, testemunhando a Igreja, Comunidade de comunidades, celebremos Senhora Sant’Ana, Mãe da Mãe de Deus!”, os fiéis de Santana do Cariri celebraram onze dias de festa, que foi concluída hoje, dia 26 de julho, com a missa solene pela manhã, presidida por dom Gilberto Pastana e concelebrada por dez padres, dentre eles o pároco, padre Paulo Lemos. A tarde teve mais uma missa, seguida da procissão de conclusão da festa.

“Foram dias de encontro, fraternidade e, sobretudo, de oração. Avaliando esta festa nós percebemos cada vez mais o envolvimento das pessoas com o empenho da organização da paróquia a partir do documento 100, Comunidade de comunidades, que foi a motivação principal de nossas reflexões. Então temos que dar graças a Deus pela participação do povo. Envolvemos as comunidades, a sede , círculos bíblicos, pastorais, movimentos. Também este ano percebemos um número maior de filhos ausentes que vieram conosco celebrar”, disse o padre Paulo Lemos, afirmando ainda que gratidão é o sentimento que norteia seu coração na conclusão da festividade.

Dom Gilberto com os padres que concelebraram. (Foto: Patrícia Silva)

Dentre os filhos ausentes estava Alvani Alencar, aposentado de 50 anos, que saiu de Santana do Cariri em 1982, para morar em São Bernardo dos Campos- SP. A viagem longa para chegar à terra natal, além de ser motivada pelo reencontro com os familiares e amigos, é movida também pela fé. “Sou muito devoto de Senhora Sant’Ana, então nos anos que posso volto aqui para participar de sua festa e alimentar minha fé”, disse.

Dom Gilberto, que esteve presente pela segunda vez deste festejo, presidiu a celebração da manhã e da tarde, que antecedeu a procissão. O percurso do cortejo processional que foi concluído com a bênção do Santíssimo Sacramento na Igreja Matriz, também foi acompanhado pelo bispo.

No decorrer do caminho da procissão dom Gilberto parava para saudar as pessoas que fizeram altares para a imagem de Senhora Sant’Ana, acompanhada dos 22 andores de padroeiros das comunidades, passarem. (Foto: Patrícia Silva)

Em suas palavras falou sobre a importância da Senhora Sant’Ana para a educação de Maria e o seu exemplo para a Igreja. “Senhora Sant’Ana é aquela que vem ser a nossa avó, a avó de todos os que seguem o Senhor Jesus e, como uma boa avó, ela educa pelo exemplo, pelo testemunho. O maior testemunho que a Senhora Sant’Ana traz para nós é a sua vivencia na comunidade, é a sua participação na comunidade. Não só dela, mas também do seu esposo, Joaquim. Tal modo que esta motivação vai mostrar sua fundamentação na vida de Sant’Ana que vivia em comunidade, que estava disposta e colocava os seus dons a serviço da comunidade e é dentro deste contexto que ela educa e cria Nossa Senhora”, disse o bispo durante a homilia.

A festa de Senhora Sant’Ana deste ano está dentro das comemorações pelo primeiro centenário da Igreja Matriz que será celebrado em janeiro de 2018.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!