Notícia da Diocese

Venha o Teu Reino: Há um ano, Dom Gilberto Pastana era apresentado como bispo coadjutor

Autor: Jornalista Patrícia Mirelly

Há um ano, a Diocese de Crato era enriquecida com a chegada e apresentação de Dom Gilberto Pastana de Oliveira como bispo coadjutor de Dom Fernando Panico, então bispo diocesano.

Naquela manhã de julho, os sinos da Catedral de Nossa Senhora da Penha repicavam, anunciando “aquele que vinha”, e a ansiedade do povo se espalhava pela cidade. “Que Igreja bonita eu encontro! Espero humildemente, junto com Dom Fernando, continuar o legado de todos esses predecessores”, disse Dom Pastana, ao ser apresentado em cerimônia solene, no dia 17 de julho de 2016, na qual estavam presentes diversos bispos.

Daquele dia, vê-lo, onde fosse (como nas celebrações de Crisma, encontros formativos, visitas ao clero) passou a constituir uma alegria, em especial quando trazia aos seus discursos, homilias e pronunciamentos, a preocupação com a vida do povo, rezando a sua realidade, falando do que se vê e experimenta, ouve e sente, e o maior de todos os seus ensinamentos: a importância de ser e estar, sempre, em comunidade, formando “vizinhanças de fé”.

Como andarilho nas paróquias e áreas pastorais, familiarizando-se com suas ovelhas, Dom Pastana emitiu sinais de que viria a ser muito amado. Um ano depois, a Diocese de Crato e todos os fiéis católicos do Cariri são intensamente enriquecidos por um bispo que proclama a presença de Deus e do Seu Amor no respaldo dos pobres e necessitados, sempre evocando a “alegria do Evangelho” como forma de viver.

Em data tão simbólica, ninguém melhor, portanto, para dar testemunho desse incansável e fecundo pastoreio, que os vigários forâneos, o coordenador diocesano de pastoral e o ecônomo da cúria. Veja no vídeo:

Tags: Bispo Coadjutor, Dom Gilberto Pastana

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido