Notícia da Diocese

Grangeiro é a primeira cidade a receber a visita pastoral de dom Gilberto

Autor: Jornalista Patrícia Silva

No início da tarde desta terça-feira, dia 8 de agosto, dom Gilberto Pastana iniciou, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Grangeiro, a agenda de visitas pastorais as paróquias da diocese de Crato.

O município, que está localizado na região metropolitana do Cariri, possui cerca de 4.629 habitantes, segundo dados do IBGE. Considerada uma cidade pacata, com pouco índice de violência, duas realidades assustam os moradores: a possibilidade do crescimento da violência, devido um homicídio acontecido no mês de maio, e o alto índice de pessoas com a dengue. “Das sessenta amostras que fizemos, deu positiva trinta e oito. Já combatemos, mas temos que fazer um trabalho diário contra o aedes aegypti. A luta tem que ser do poder público com a colaboração do povo”, disse o prefeito João Gregório, que recepcionou o bispo ao chegar na cidade.

Dom Gilberto, padre Edvan com o prefeito municipal e sua comitiva. (Foto: Patrícia Silva)

O representante do poder executivo municipal, no diálogo com o bispo diocesano, disse considerar primordial o papel da igreja para criação de uma sociedade de paz e no processo de conscientização do povo para o exercício da cidadania, no combate as mazelas sociais.

Após dar as orientações evangélicas diante do que foi apresentado pelo prefeito e estando consciente de como o município se apresentava, o bispo partiu para junto do povo, foi conhecer duas das comunidades assistidas pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição: Canabrava dos Ferreiras e Canabrava dos Gregórios.

Na primeira, o bispo foi recepcionado com uma grande festa com direito a bola de assopro colorida e músicas de acolhida. A Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ficou irradiada com a luz do sol, que não se escondeu por nenhum momento, e com o brilho nos olhos daqueles que não escondiam a felicidade por receber o bispo diocesano naquela comunidade tão distante. “Foi um encontro maravilhoso, ele é uma pessoa muito cheia do Espirito Santo. Esperamos que ele venha mais vezes”, disse a jovem Jaqueline Aparecida.

A Comunidade Canabrava dos Ferreiras foi a primeira a ser visitada pelo bispo. (Foto: Patrícia Silva)

Na comunidade seguinte, uma capela humilde dedicada a Nossa Senhora das Graças o aguardava. Ali o bispo também rezou para que o fervor de fé daquele povo cresça cada vez mais.

Ao entardecer do dia a visita pastoral foi direcionada aos enfermos. A pé, dom Pastana seguiu pelas ruas do centro da cidade, acompanhado do pároco, padre Edvan Guedes, e foi ao encontro dos que sofriam pela falta da saúde. Dentre eles estava um jovem de 22 anos que ficou paraplégico devido um acidente de moto e também uma senhora de 103 treze anos que passou o dia ansiosa para receber o bispo em sua casa e, apesar de já não escutar bem, acompanhou o bispo na oração do Pai Nosso e, segurando firme em sua mão, iniciou a Ave-Maria.

Dom Gilberto saudando dona Maricô, de 103 anos. (Foto: Patrícia Silva)

Dom Gilberto também conheceu dona Brita que aos 98 anos, mesmo sem conseguir levantar sozinha da rede da cozinha, acolheu o bispo em sua casa com o coração por inteiro e tirou dele muitos sorrisos com histórias sábias e até mesmo momentos de esquecimentos que logo eram emendados com outro relato. “Eu só posso estar satisfeita em receber o bispo em minha casa”, falou ela pausadamente.

E assim foi o restante do caminho até o anoitecer. Sem demonstrar nenhum cansaço físico, o bispo visitou ao todo dezesseis pessoas, concluindo com a Santa Missa na Igreja Matriz, onde aqueles que puderam foram até lá para reencontrá-lo. Ao final da celebração o bispo recebeu várias homenagens, dentre elas as de algumas crianças que cantaram uma música feita para o bispo. Confira no vídeo:

A visita pastoral em Grangeiro foi concluída no dia seguinte, logo pela manhã, com a averiguação dos livros de batismo, matrimonio e tombo arquivados na secretaria paroquial.

Visita Pastoral

O Código de Direito Canônico diz que o bispo diocesano deve realizar visitas pastorais nas paróquias limites de sua diocese, ao menos a cada cinco anos.

“Como o nome diz, visita pastoral é a visita do pastor que vem conhecer as ovelhas. Santo Agostinho diz que nós não amamos o que nós não conhecemos, nós só amamos aquilo que conhecemos e só há um jeito de conhecer que é a gente se fazer presente, ainda que essa presença seja pequena, do ponto de vista do tempo, mas ela é substancial do ponto de vista da relação. Jesus pediu que os pastores conhecessem as suas ovelhas e as ovelhas conhecessem o seu pastor”, explicou dom Gilberto dizendo ainda que o pastor conhece as ovelhas pelos sonhos, anseios, alegrias e também pelas tristezas.

No caminho o bispo saudava também as crianças. (Foto: Patrícia Silva)

Caminhada pela paz

Sobre a questão do homicídio que amedrontou os moradores, um ato já está sendo preparado: a Caminhada pela Paz.

O movimento será realizado dia 19 de agosto, a partir das 16h30, sendo concluído com uma missa na Igreja Matriz. O objetivo é promover a cultura da paz na cidade.

Tags: Grangeiro, Missão, Visita Pastoral

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido