Notícias das Paróquias

Catecúmenos recebem o crisma na festa do Sagrado Coração de Jesus

Autor: Jornalista Patrícia Silva

A programação de hoje, dia 11, da festa do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro do distrito Palmeirinha, em Juazeiro do Norte, contou com a presença do bispo diocesano, dom Gilberto Pastana, que além de presidir a novena e missa, confirmou no batismo 22 pessoas.

Os crismados, que tinham entre 15 e 70 anos, passaram por um ano de preparação na catequese catecumenal, experiência nova vivenciada por esta paróquia. “Percebemos neles a busca constante do cristão por um Deus que é paz e luz. Estas pessoas descobriram isso em sua vida, inclusive um casal que vivia junto deu testemunho de que quando casaram e buscaram o sacramento da confirmação muita coisa mudou na vida deles”, disse o pároco, padre José Gonçalves, que concelebrou a celebração.

Catequistas acendendo a vela no Círio Pascal para a renovação das promessas batismais. (Foto: Patrícia Mirelly)

O casal mencionado pelo padre era Lucineide Alves Calixto e Marcos Antônio Calixto dos Santos, que viviam juntos há 20 anos e agora, com o sacramento do matrimonio recebido há um ano e oito meses e confirmados no batismo hoje, dizem se sentirem completos.  “Quando eu fui casar eu me preparei só uma parte, ainda faltava algo, então resolvemos confirmar o nosso batismo. Hoje nos sentimos bem espiritualmente. Vamos testemunhar isso para nossos quatro filhos e levar esta experiência para nossos colegas”, falou o esposo.

Além destes novos crismados, no inicio deste ano mais de 200 jovens foram confirmados no batismo nesta paróquia.

Marcos Antônio Calixto dos Santos e Lucineide Alves Calixto. (Foto: Patrícia Mirelly)

Compromisso com o seguimento do Senhor

Na homilia dom Gilberto convidou os participantes da celebração à renovarem seu compromisso com o Senhor. “Nós somos povo de Deus a medida que nós observamos seus ensinamentos. O que garante a nossa participação como povo de Deus é a observância dos mandamentos do Senhor”, disse.

O bispo ainda falou sobre o discipulado e suas consequências. “Os discípulos do Senhor são aqueles que querem estar a serviço do Senhor. O discipulado é uma peregrinação que nos aproxima do mestre Jesus, mas não basta seguir o Senhor, tem que renunciar a si mesmo, pegar a cruz e segui-lo. Seguir ao Senhor é remar contra a corrente, mundana, perversa, que oferece uma felicidade superficial e temporária”, falou.

A festa este ano teve como tema: “Ó Maria, Mãe de Deus, sois a Senhora do Sagrado Coração”. (Foto: Patrícia Mirelly)

A melhor maneira para enfrentar as dificuldades deste caminho é, portanto, segundo o pastor diocesano, a vivência em comunidade. “Na comunidade o problema de um é de todos, a alegria de um é de todos”, concluiu.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido