Jardim: Em encontro com lideranças, Dom Gilberto destaca qualidade da vida em comunidade

O bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, destacou, nesta sexta-feira (5), a qualidade da vida em comunidade. Durante encontro com lideranças em Jardim, ele defendeu que é preciso superar o individualismo pregado pelo mundo e enfatizou a necessidade de organização a partir da fé católica e de vivê-la comunitariamente, participando de forma autêntica e gratuita.

A visita ao município se deu após um convite do pároco, Padre Idemário Muniz, para que o pastor diocesano se deslocasse até o distrito Correntes, onde está a Capela de São Joaquim, e lá conversasse com os moradores, motivando-os a constituir uma nova coordenação para a capela.

Desde que chegou à Diocese de Crato, Dom Pastana tem dado atenção especial à constituição – e ao reforço – dos conselhos paroquiais e comunitários para o bom andamento dos serviços pastorais e evangelizadores, tanto das paróquias quanto das comunidades, segundo o Plano de Pastoral Diocesano, que orienta a caminhada da Igreja, sempre em comunhão com as pastorais, os movimentos e os ministérios

Com 112 anos de existência, quase 200 famílias moram na localidade de Correntes. Dessas, cerca de 170 são católicas. Partindo, então, da Leitura dos Atos dos Apóstolos (Cf. Atos 2, 42-47), que diz quão perseverante era o povo “em ouvir o ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações”, Dom Gilberto falou do sentido da participação na vida da Igreja e da importância de colocar os dons recebidos de Deus ao serviço da evangelização.

“Todos nós temos dons, que o próprio Senhor nos deu. Seja o de cantar, o de administrar, o de pregar ou o de orientar. A todos nós Ele nos deu dons. Pode ser que a gente ainda não tenha descoberto qual seja, mas quando colocados na vida da comunidade, a gente tá participando. Agora, quando nós não fazemos isso, nós estamos nos fechando no individualismo. E a gente participa da comunidade, quando a gente coloca esses dons a serviço da comunidade”, destacou.

Após escuta atenta das colocações dos moradores, o bispo acrescentou que é missão de cada um incentivar e motivar para que todos participem da Igreja Católica. Por outro lado, orientou que isso não pode ser feito de forma obrigatória, mas livre, consciente, abrindo-se para o Amor de Deus. “Nossa participação, portanto, não pode ser forçada, se não a gente vai viver a vida de maneira errada, que não agrada a Ele. Devemos participar, porque fazemos parte de uma comunidade. Ninguém vive sozinho, ninguém pode viver isolado”, disse ele.

Visita surpresa

A ida à cidade Jardim também foi oportunidade para Dom Gilberto conhecer a casa onde moram as Irmãs Sacramentinas Fátima Ribeiro e Vanderleia Nogueira. Elas colaboram no serviço pastoral da paróquia, junto ao Padre Idemário, desde o fim de janeiro. No meio da tarde desta sexta, foram surpreendidas com a visita do pastor diocesano, acompanhado do padre.

Por Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!