Fazenda da Esperança

História

Na esquina onde os jovens se reuniam para traficar e usar drogas aproximou-se o jovem Nelson Giovanelli Rosendo dos Santos com o desejo de viver o evangelho no meio deles e desta atitude nasceu a Fazenda da Esperança.

A esquina fica no bairro do Pedregulho, em Guaratinguetá-SP. No início da década de 80, no cruzamento da Tupinambás com a Caramurus, o ex-dependente químico, Antônio Eleutério, pediu ajuda e foi orientado a viver concretamente o evangelho para se recuperar.

O pároco frei Hans Stapel, ofm, franciscano de origem alemã, acompanhou e orientou os envolvidos nesta experiência. Pediu a população guaratinguetaense que alguém generosamente oferecesse um terreno para os recuperandos ter a possibilidade de aprofundar nesse novo estilo de vida.

Ganhou a primeira Fazenda e com os anos outras doações chegaram até do exterior. Após a visita do papa emérito Bento XVI, em 2007, à unidade na cidade paulista, a comunidade se tornou mais conhecida e os pedidos para se abrir uma nova unidade cresceram rapidamente em todo o mundo.

Iraci Leite e Lucilene Rosendo, conhecida por Luci, iniciaram o trabalho de recuperação feminina em 1989, na cidade de Guaratinguetá / SP. Elas deixaram tudo para seguir o exemplo de Nelson.

Nas comunidades dia após dia chegam jovens para se recuperar, mas também pessoas em busca de renovar a fé e se alimentar de esperança. O depoimento dos jovens que no passado encontravam-se no inferno das drogas com atitudes e ações prejudiciais a sociedade, na comunidade, apoiados pela Palavra de Deus, ganham um novo caráter e a misericórdia, a complacência, e o amor ao próximo que tocam e emocionam até os que não têm convicção religiosa.

Essa realidade tem atraído muitos peregrinos e tornado a comunidade terapêutica, um Santuário da Esperança.

Na Diocese de Crato

A Diocese de Crato contará com uma unidade da Fazenda da Esperança. Esta boa notícia foi dada depois de um encontro com coordenadores das Fazendas da Esperança, provenientes de todo o Brasil, realizado no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, em Crato, com a participação do fundador, Frei Hans Stapel e de dom Fernando Panico.

A Fazenda da Esperança é uma associação de fiéis reconhecida pela Igreja Católica; é uma entidade que desenvolve trabalho de recuperação de jovens que se envolveram com o mundo das drogas e possui unidades, além do Brasil, no México, Guatemala, Colômbia, Paraguai, Uruguai, Argentina, Alemanha, Moçambique, Rússia e Filipinas; só no nordeste do Brasil possui 20 unidades, das quais três estão no Ceará. As Fazendas da Esperança em funcionamento são auto-sustentáveis. Os jovens internados em suas comunidades se sustentam com o próprio trabalho e são responsáveis pela manutenção da unidade onde moram.

A quarta unidade da Fazenda da Esperança no Ceará teve o lançamento da pedra fundamental na diocese de Crato, no dia 3 de dezembro de 2013. Dom Fernando, principal mentor dessa grande e solidária iniciativa, com grande felicidade apresentou ao Frei Hans e outros membros da Fazenda da Esperança, o local onde serão construidas as dependências da nova Fazenda da Esperança, na cidade de Mauriti- CE.

A todos pedimos orações e contribuições para a concretização desta iniciativa de resgate e de vida para nossos irmãos dependentes químicos.

 

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!