Dom Gilberto profere palestra sobre a Campanha da Fraternidade na Câmara de Crato

O bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, proferiu palestra na manhã desta terça-feira, dia 13 de agosto, na Câmara Municipal de Crato, sobre a Campanha da Fraternidade. Este ano, a CF tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e lema “Serás libertado pelo Direito e pela Justiça”. A sessão foi proposta pelo vereador Amadeu de Freitas, do Partido dos Trabalhadores – PT.

Em discurso, no Plenário Paulo Bezerra, Dom Gilberto afirmou que as políticas públicas são a concretização do que a Igreja considera “bem comum”. Por isso a CF deste ano procura despertar a participação dos cristãos em defesa delas, exercendo, assim a sua cidadania, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja. “A dignidade da pessoa humana implica nesta defesa”, disse o bispo.

Neste sentido, o bispo lembrou que a “Casa do Povo”, representada pelos vereadores, deve pensar sempre no bem maior, no bem da cidade e da população, jamais em privilégios ou conchavos. “Conto a com a parceira de todos, para pensarmos nesse bem comum, que são as próprias políticas públicas, formas de vida mais humanas para todos”, afirmou.

São consideradas políticas públicas ações e programas que desenvolvidos pelo Estado para garantir e colocar em prática direitos que são previstos na Constituição Federal e em outras leis, como a educação, o saneamento e a moradia. Saiba mais aqui: https://www.a12.com/redacaoa12/igreja/mas-afinal-o-que-sao-politicas-publicas-02-04-2019-10-24-26

A Campanha da Fraternidade foi criada em 1964, pela Igreja no Brasil, como exercício espiritual em preparação à Páscoa, que convida os cristãos a um gesto concreto. Desde então, todos os anos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresenta a CF como uma atividade ampla de evangelização.

Na Diocese de Crato, a Cáritas Diocesana, braço social da Igreja, por exemplo, tem lutado, junto a outras instituições, na assistência às famílias venezuelanas que chegam ao Cariri, assim como o acompanhamento de projetos voltados às cisternas e quintais produtivos, em municípios localizados no semiárido. As pastorais sociais, como a Pastoral da Juventude, da Criança, da Pessoa Idosa, a Pastoral Carcerária e da AIDS, idem.

<< Dom Gilberto ao lado dos vereadores de Crato. Foto: Reprodução >>

Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!