Diocese de Crato se destaca, entre dioceses do Ceará, com o maior número de seguidores no Instagram

A diocese de Crato vem acompanhando o avanço das redes sociais na era digital, propondo aos fiéis, adeptos das novas tecnologias, dinamismo e agilidade na propagação do evangelho e da informação. Prova disso é o crescimento no número de seguidores em sua conta no Instagram que, no finalzinho de abril, chegou a 10 mil, sendo a de maior número comparada a arquidiocese e dioceses do Ceará.

Com mais de duas mil publicações, o conteúdo veiculado deixa os seguidores por dentro do que acontece nas paróquias, movimentos e pastorais atuantes na região diocesana. As ações do bispo dom Gilberto Pastana também podem ser acompanhadas, assim como os destaques sobre o que acontece no Brasil e no mundo, envolvendo a Igreja Católica.

“A gente tenta, por exemplo, simplificar as notícias, tanto na linguagem quanto no tamanho do texto; e fazer publicações diárias, no feed e também no storie. Os directs são sempre respondidos. Procuramos impulsionar o engajamento. Além disso, tem a questão da empatia. Os nossos seguidores têm uma ligação afetiva muito forte com as suas paróquias e com as suas comunidades de origem. Se interessam pelo que acontece na Igreja como um todo. Por isso é que o botãozinho ‘curtir’, em formato de coração, trabalha tanto e o de ‘seguir’, um pouco acima, também (risos)”, justificou a jornalista Patrícia Mirelly.

No Regional Nordeste 1 da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil, onde estão as dioceses do Ceará, a conta fica em primeiro lugar no número de seguidores, superando o da própria arquidiocese. Abaixo você pode acompanhar o Ranking de Seguidores, elaborado através de pesquisa feita pela Assessoria de Imprensa da diocese de Crato.

Conforme apresenta o infográfico, hoje a conta da diocese de Crato no insta possui 10.141 seguidores, número bem próximo a instagrans de grandes circunscrições eclesiásticas como, por exemplo, o da arquidiocese do Rio de Janeiro (@arqrio), que tem cerca de 13 mil seguidores.

Por: Jornalista Patrícia Silva (DRT 3815/CE)

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!