Dom Pastana abençoando o novo Tarbernáculo. (Foto: Patrícia Silva)

Dia memorável para comunidade rural de Abaiara que passou a contar, permanentemente, com a presença de Jesus Eucarístico

O frio intenso que fez na Serra do Mãozinha na noite desta terça- feira, dia 06 de agosto, não foi empecilho para que a Igreja dedicada a São João Batista, do Sítio Tatajuba, a oito quilômetros da sede de Abaiara, estivesse cheia de fiéis. O motivo era louvável. É que mesmo erguida há vinte anos somente neste dia ela passou a ter Jesus Cristo permanentemente, através da Bênção do novo Tabernáculo Eucarístico dada por dom Gilberto Pastana durante a Missa concelebrada pelo pároco, padre Elias Ribeiro Neto.

A Capela do Santíssimo, localizada do lado esquerdo do altar, estava digna para acolher o novo morador. Logo na porta, tecidos brancos foram espalhados, junto a rosas vermelhas e brancas. Dentro, a simplicidade do sacrário mostrava a realeza de um Deus grande que se fez pequeno para salvar a humanidade.

Inevitavelmente esta terça- feira ficará marcada na memória dos moradores daquela comunidade, que no olhar mostravam a alegria sentida no coração. “O sentimento é de gratidão a Deus, uma alegria imensa, esse coração vibrando, essa alma verdadeiramente em estado de júbilo porque agora podemos dizer: na Capela da nossa comunidade temos a presença de Jesus no Santíssimo Sacramento da Eucaristia”, expressou, emocionada, a coordenadora da comunidade, Francisca Elia Moreira.

O rito foi explicado por dom Pastana e o significado deste passo que a comunidade estava dando também. “A partir de agora, quando vocês entrarem nesta Igreja, terão a quem saudar: o Pão descido do céu. Jesus está aqui com vocês. Vocês recebem um morador por excelência que é o autor da nossa vida, que vem gerar vida e alimentar a vida de vocês. Que possam, com a presença do Santíssimo, se fortalecer ainda mais, crescer e experimentar essa presença de Deus em suas vidas”,  desejou o bispo.

A bênção aconteceu logo após a comunhão eucarística. As reservas foram levadas, em procissão, até o novo tabernáculo. Chegando lá o bispo rezou, aspergiu o espaço com água benta e, em seguida, incensou o novo sacrário. A missa, que celebrava a liturgia da festa da  Transfiguração do Senhor, foi concluída em seguida.

 

Por: Jornalista Patrícia Silva- DRT 3815/CE

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!