Comitê de Migração e Refúgio acolhe primeira família venezuelana

O Comitê de Migração e Refugio da Diocese de Crato, do qual a Caritas faz parte, realizou no último domingo (10) mais uma atividade do seu Plano de Acolhimento: a primeira família Venezuelana, que estava em Recife já aguardando essa vinda.

A família venezuelana é composta por cinco membros, sendo dois adultos e três crianças, que fixarão residência na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Crato. As crianças, inclusive, já estão na escola, em suas respectivas séries: terceiro e sexto anos.

Para Solange Santana, agente Cáritas, foram momentos vividos de preparação e muito amor envolvido para essa acolhida.

Sobre o Comitê de Migração e Refúgio

Desde o ano passado, a Cáritas Diocesana assumiu, junto a outros organismos, instituições e movimentos sociais, o desafio de pensar meios de como ajudar e acolher os migrantes e refugiados que, por ventura, venham buscar, na região do Cariri, alternativas de vida e trabalho. A união de tantas forças vivas, da Igreja e também da sociedade, levou à criação de um comitê formado por membros do clero, congregações religiosas, movimentos sociais, sindicatos e universidades.

 

Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!