Coisa de Deus: Fazenda da Esperança Padre Cícero completa quatro anos

Ser acolhido pela Fazenda da Esperança Padre Cícero foi fundamental para que Pedro* se dispusesse a viver sem as drogas que lhe produziam alterações na consciência e no estado emocional.

Por causa delas, o motorista rodoviário se viu obrigado a deixar a profissão. Hoje, depois de ter sido encaminhado à comunidade terapêutica em Coité, distrito de Mauriti, aproveita para alertar a juventude: “Tudo que altera o seu humor, é droga. Então, é muito importante evitar. Nós, que somos acolhidos [na Fazenda], somos privilegiados. Deus preparou pra mim um acolhimento nessa casa e eu tenho recebido muitas bênçãos. Não é difícil viver lá fora sem usar drogas. Difícil é você evitar a primeira dose. E eu estou trabalhando isso em mim”.

Assim como Pedro*, cento e sessenta e três pessoas, do sexo masculino, já foram encaminhadas à Fazenda da Esperança, desde a sua inauguração, em julho de 2015. É um número expressivo, segundo a diretora financeira, Marizalva Tavares. A casa tem capacidade para acolher trinta pessoas, e oferece recuperação que se baseia no tripé: espiritualidade, trabalho e convivência. Atualmente, onze pessoas residem ali, sob a supervisão de dois coordenadores, além de uma psicóloga.

“Foram graças, mas também foram desafios. Então, só podemos louvar e agradecer a Deus por este momento”, afirma Marizalva.

Ação de graças

Para fazer memória dos quatro anos da Fazenda da Esperança, a equipe dirigente, os funcionários, os acolhidos e os seus familiares se reuniram à volta do altar do Senhor, na Missa presidida pelo bispo Dom Gilberto Pastana, ao fim da tarde desta terça-feira, dia 9 de julho. Concelebraram o ecônomo da Diocese de Crato, Padre Joaquim Ivo; o pároco de Mauriti, Padre Fernandes José dos Santos Júnior; o pároco de Palestina (distrito), Padre Cícero Caboclo; o coordenador da Fazenda da Esperança em Garanhuns – PE, Padre Anderson Fontes; e o Padre Tarcísio de Sales, colaborador da Fazenda, em Mauriti, sob a assistência do Diácono permanente José Santana.

Em sua homilia, Dom Gilberto recordou a passagem do Evangelho: “Pedi ao Senhor da Messe que mande operários”, na intenção de que mais pessoas, principalmente às paróquias, possam se envolver, “para que todos saibam que a Fazenda é de todos”.

Além da Missa em ação de graças, outro momento especial deste dia de festa foi a bênção das novas instalações, com extensão da energia trifásica, padaria, irrigação, pintura e outras melhorias na casa, e a entrega do Carro Saveiro 0km, adquirido com os recursos de um bazar, promovido em março passado, com doações da Receita Federal.

Fruto de uma parceria com o governo do Estado e a prefeitura municipal de Mauriti, a Fazenda da Esperança Padre Cícero foi a quarta construída no Ceará, sendo a primeira do interior. As outras estão em Sobral e Pacatuba. Com 37 hectares, a Comunidade Terapêutica possui quatro casas, com oito dormitórios, Capela, horta e refeitório. É considerada “gesto concreto” do Centenário da Diocese de Crato, vivenciado entre 2013 e 2014.

<< Inauguração da Padaria. Fotos: Patrícia Mirelly >>

Saiba como ajudar:

Na Fazenda da Esperança Padre Cícero, o ingresso é feito a partir do Programa Acolhe Ceará, do governo estadual. A família deve procurar os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e fazer todo o processo.

Mais informações: (88) 99673-3849.

E para fazer doações:

Banco: Bradesco

Agência: 237

Conta: 1946

Digito: 1

*Pedro: nome foi trocado para preservar identidade do acolhido. 
Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!