Momento da renovação das promessas batismais. (Foto: Patrícia Silva)

Após um ano de catequese, baseada no Itinerário de Iniciação à Vida Cristã, jovens da Palmeirinha são crismados

Na noite deste sábado, dia 2 de março, noventa e oito jovens da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no distrito Palmeirinha em Juazeiro do Norte- CE, receberam o Sacramento da Crisma durante celebração eucarística presidida por dom Gilberto Pastana e concelebrada pelo pároco, padre José Gonçalves, na Igreja Matriz.

Desde 2017, a metodologia da catequese vem sendo baseada no Itinerário da Iniciação à Vida Cristã (IVC) o que, segundo o coordenador paroquial, Josivaldo Barbosa, tem produzido bons frutos. “Foi um ano de catequese e hoje nos sentimos realizados por ver que eles estão bem preparados. Já estamos trabalhando o IVC, mas pretendemos, junto a toda diocese, alavancar as celebrações e colocar cada vez mais em prática, pois está sendo muito positivo. A gente sente o diferencial, o catequizando se sente mais chamado, acolhido e vocacionado para as pastorais que existem na paróquia”, disse.

Uma das vocações despertadas foi a da jovem Islânia dos Santos Pereira. Ela se sentiu tocada com a clareza das discussões feitas nos encontros, em especial pela Leitura Orante da Bíblia, o que a inspirou a se engajar na Pastoral de Liturgia. Proclamar leituras na missa, como ela fez hoje a noite, a deixa muito feliz e a faz se sentir membro participante da comunidade. “A catequese despertou em mim um olhar diferente. Hoje participo da missa e entendo do que estou participando. Antes vinha, mas estava só de corpo presente, estava só por estar. Agora, depois da crisma, comecei a entender suas partes e a importância delas. Gostei tanto que resolvi me engajar na pastoral litúrgica e quero entrar na Pastoral da Pessoa Idosa. Um lugar que eu nunca imaginei estar, que era no altar do Senhor, para servir e hoje estou”, frisou.

Os jovens crismados, que pertencem a oito das quinze comunidades da Paróquia, receberam exemplares do Livro “Eu Creio”, como também os catequistas que, ao final da celebração, foram convidados à frente para receberem os agradecimentos.

Ser comunidade

Na homilia dom Gilberto destacou a necessidade dos jovens assumirem a missão cristã se engajando na vida da comunidade. “Essa formação não se conclui com esta celebração, pelo contrário, agora começa uma nova vida. O católico não pode ser católico sem ser missionário. A missão faz parte da vida daquele que quer seguir Jesus. Vivemos bem a vida cristã quando atuamos na comunidade. Todos devemos fazer parte da vida da comunidade”, disse.

O bispo também destacou que o sacramento da crisma é o sacramento da decisão. “Decisão por Cristo. Até agora vocês foram cuidados pelos seus pais porque era responsabilidade deles, mas o Sacramento da crisma significa maturidade cristã, pois vocês mesmos, sabendo o que é o sacramento, conhecendo a pessoa de Jesus, a missão que ele concede a cada um de nós, depois de ter essa clareza chegam a essa Igreja para pedir e agradecer ao Senhor: ‘quero trabalhar pelo reino na tua igreja, na comunidade, quero me engajar, participar da comunidade de fé, porque aí devo alimentar a minha vida’. Que bonito se vocês estão com este propósito”, falou.

Além da liturgia do dia, dom Gilberto também falou da importância da mudança proporcionada pelo recebimento dos dons do Espírito Santo. “Que os dons trabalhem dentro de vocês e transformem aqueles pensamentos que não são de Deus, para que vocês possam gerar, em casa e na comunidade, frutos bons. O Espirito Santo renova, transforma e nos faz pessoas boas. Ele sempre nos impulsionará a fazermos o bem. Se esforcem para que, cheios do Espirito de Deus possam produzir frutos bons, ser aquela árvore boa”, concluiu.

 

Por: Jornalista Patrícia Silva (MTE 3815/CE)

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!