Antonina do Norte: dedicação do Altar marca última noite da trezena a Santo Antônio

Em Antonina do Norte, a 105 km de Crato, a entrada da Igreja Matriz foi decorada com bandeirolas coloridas e objetos que fazem referência às festas juninas. Tudo para saudar o padroeiro, Santo Antônio.

Desde o dia 1º de junho, a comunidade paroquial se reúne para a trezena, seguida da Santa Missa. O tema vivenciado exalta as virtudes do santo, para que os devotos saibam honrar – ainda mais – a sua gloriosa memória: “Santo Antônio, doutor da Igreja, protetor dos pobres”.

Em sintonia com o tema, na intenção de que os paroquianos, nas opções que todos os dias são chamados a fazer, recordem a coerência cristã do padroeiro, está o lema: “Igreja em saída promovendo justiça e dignidade para todos”.

Já a programação da trezena está dividida entre festejos religiosos e sociais, esses últimos divididos em quermesses e shows católicos.

Mas foi especialmente na última noite, rezada nesta quarta-feira, dia 12, que a comunidade ficou ainda mais festiva, ao celebrar dupla festa: a bênção da mesa da Palavra e da Eucaristia, e a implantação da Pastoral Familiar. Ambos os ritos aconteceram dentro da Missa, sob a presidência do bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, concelebrada pelo pároco, Padre José Antônio Clementino.

No rito de dedicação do Altar, a comunidade pode vivenciar a riqueza presente nos ritos e nos símbolos próprios da Igreja Católica: água benta, óleo santo (extraído da oliveira) e incenso. Os três com uma só finalidade: dedicar a Deus a mesa onde se proclamará a Sua Palavra, e a mesa onde se celebrará a Eucaristia.

“Nós sonhávamos com esse altar, em ver a nossa Igreja Matriz e o seu presbitério dignos para a celebração eucarística, vivenciando essa dedicação. Que aqui emanem muitas graças para a nossa caminhada catequética e missionária, de discípulos e discípulas aqui na nossa comunidade paroquial”, disse o coordenador da Catequese, Diego Fernandes.

Pare Antônio Clementino, igualmente feliz, disse que tudo ocorreu com muita preparação, desde a confecção do altar à implantação da Pastoral Familiar, que desde março se prepara, promovendo encontros para estudo da cartilha. Vinte e oito membros, divididos em três comissões (pré-matrimônio, pós-matrimônio e casos especiais), compõem a pastoral.

“Neste contexto da festa do padroeiro, a nossa paróquia está ainda mais fervorosa. E tem sido muito bonita a participação da comunidade, que tem correspondido ao nosso desejo de ter uma Igreja, realmente, viva, em torno da mesa da Palavra e da Eucaristia. Essa alegria também se multiplica lá fora, na quermesse, momento bonito em que as pessoas se reencontram, desde os visitantes às famílias que moram fora. Tudo isso nos motiva no ministério sacerdotal”, considerou Padre Antônio.

Em tempo: Na ocasião em que foi a Antonina do Norte presidir os ritos solenes de dedicação do Altar, Dom Gilberto conheceu a casa da Comunidade Católica Sal da Terra, que muito contribui nos trabalhos pastorais e evangelizadores da paróquia. Fotos: Patrícia Mirelly

A programação completa da festa pode ser acompanhada aqui: 

http://diocesedecrato.org/eventos/2019/06/festa-de-santo-antonio-antonina-do-norte/

Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!